gesta%cc%83o-tecnica-shoppings

Gestão Técnica: saiba como renovar o Projeto Musical no seu Shopping!

Muitos que trabalham com eventos nunca ouviram falar em Gestão Técnica e, frequentemente, se deparam com diversos contratempos. Um problema bem comum é referente ao aluguel de som, como por exemplo, falha no dimensionamento, no atendimento ao artista ou até mesmo falhas técnicas do equipamento.

Acreditamos que o sucesso de um evento depende do equilíbrio referencial de qualidade nas três faces de sustentação de uma apresentação artística:

  • Equipamento Adequado
  • Equipe Técnica Especializada
  • Valorização do Artista

E você? Já teve problemas com aluguel de som? Então, entenda o que é Gestão Técnica e como ela pode renovar o Projeto Musical no seu Shopping!

O que é Gestão Técnica?

Trata-se de um olhar mais gerencial para o evento como um todo. A Gestão Técnica planeja, com antecedência, cada detalhe do evento, levando em consideração todas as suas necessidades. Cada show tem suas especificidades, portanto a Gestão Técnica tem que ser personalizada.

Por isso, deve se levar em consideração todas as fases de pré produção, desde o contato com os artistas que irão se apresentar, até os responsáveis técnicos que fornecerão informações e permissões para o evento acontecer.

A partir desse momento, com o planejamento em mãos, ocorre o pontapé inicial para a realização do evento. Primeiro, é dimensionada a estrutura que será utilizada nas apresentações, de acordo com o objetivo do projeto e perfil de público alvo. Em segundo lugar, é designada a Equipe Técnica, responsável por:

  • Montagem e Desmontagem da Estrutura;
  • Operação dos Sistemas de Sonorização e Iluminação;
  • Gerenciamento dos Artistas no Local;
  • Coordenação dos Processos de Execução.

Na terceira etapa, é feita a solicitação das informações técnicas que o Shopping deve oferecer, como condições elétricas, horários de montagem e desmontagem, permissões de acesso a áreas restritas…

Por fim, é feita a criação do Cronograma, de acordo com a disponibilidade dos artistas e do local do evento.

O que você ganha com a Gestão Técnica?

Para o artista, é prioridade que ele esteja focado apenas em sua performance no palco. É muito comum, em eventos em que não há uma equipe técnica especializada, que o artista ou a banda acabe gastando boa parte de seu tempo na produção do evento e em ações técnicas, como montagem e desmontagem de equipamentos, por exemplo. Isso pode comprometer a performance no palco, já que pode levar o artista à exaustão.

Pulo Montanha Céu Rosado

Para você, responsável pelo Marketing de um Shopping, isso lhe ajuda a se concentrar ainda mais no seu trabalho, que é desenvolver estratégias de comunicação para atrair e se relacionar com o público. Assim, você pode se dedicar ao plano de mídia para fazer com que as pessoas conheçam o seu projeto, tendo a certeza de que o show vai acontecer sem problemas, aumentando a confiança e a qualidade do seu evento.

 

Em resumo, a Gestão Técnica permite um contato gerencial com todas as áreas responsáveis pelo evento e minimiza as margens de riscos e problemas durante o evento.

Quais problemas podem acontecer pela falta de Gestão Técnica?

É bem provável que todos que trabalham no Marketing de um Shopping já tenham passado por algum dos problemas que serão listados. Vale lembrar que uma Gestão Técnica eficiente minimiza muito o risco deles acontecerem:

  • Falta de comunicação: não são poucas as vezes em que a falha na comunicação gera grandes problemas na hora do evento. Seja por uma informação errada na solicitação dos artistas, na disponibilidade do contratante ou até por desconhecimento de dados técnicos referentes ao evento que será realizado.
  • Descaso: “É o que tem pra hoje…” é uma frase clássica no mercado de eventos! Não sabe-se ao certo a razão, mas são muito frequentes as vezes em que a equipe técnica não se preocupa com a assistência direta ao artista ou contratante, ou seja, não se preocupa em atender às reais necessidades do cliente. A responsabilidade pelo êxito de um show é de todos os envolvidos e, por isso, é necessária uma atenção completa, principalmente na parte de sonorização.
  • Pouco aproveitamento de um excelente artista: se tiver um valor para investir em um show, tente distribuir de forma equilibrada entre o artista e a estrutura adequada, acompanhada da equipe técnica responsável pela operação e coordenação. É melhor apresentar um bom artista em uma boa estrutura, do que um excelente artista em uma estrutura de baixa qualidade. Então, aproveite a análise da Gestão Técnica antes de realizar qualquer contratação.

Uma boa Gestão Técnica pode garantir o sucesso do evento! Afeta diretamente a qualidade de cada etapa que compõe o projeto, já que entrega um melhor aproveitamento à apresentação artística, mais foco às equipes para realizarem seu trabalho e minimiza erros e danos que possam comprometer o evento, bem como a reputação do artista e do próprio Shopping.

Já teve algum desses problemas? Quer se diferenciar no Projeto Musical do seu Shopping? Conheça o novo conceito de Estética X Qualidade usado pela The AudioFactory!

0 1078

Leave a Reply