Aluguel de Som

Aluguel de Som X Gestão Técnica: qual a melhor opção?

Para artistas, trabalhar com apresentações em eventos, muitas vezes traz complicações que vão além da performance em si. Uma das preocupações frequentes é o aluguel de som, pois dele podem surgir falhas no dimensionamento, na comunicação ou erros técnicos do equipamento.

O sucesso de um evento depende do equilíbrio referencial de qualidade nas três faces de sustentação de uma apresentação artística: equipamento adequado, equipe técnica especializada e valorização do artista.

Você já teve problemas com aluguel de som? Então, entenda o que é Gestão Técnica e como ela pode facilitar a sua vida dentro e fora do palco!

O que é Gestão Técnica?

Trata-se de um olhar mais gerencial para o evento como um todo. A Gestão Técnica planeja, com antecedência, cada detalhe do evento, levando em consideração todas as necessidades. Cada show tem suas especificidades, portanto a Gestão Técnica tem que ser especializada.

Devem ser levadas em consideração todas as fases, partindo da sua especialidade, o que foi definido que você apresentará como artista, e indo ao encontro das demais especificações dos responsáveis pelo evento: informações sobre o local, público e permissões.

A partir desse momento, com o planejamento em mãos, ocorre o pontapé inicial para a realização do evento. Primeiro, é dimensionada a estrutura que será utilizada nas apresentações. Em segundo lugar, é designada a equipe técnica que irá montar, operar e coordenar o evento, além de prover as necessidades técnicas que o local do evento deve suprir como:

  • Dimensionamento da parte elétrica;
  • Horários permitidos de acordo com o alvará;
  • Permissões de acordo com o alvará;
  • Disponibilidade de horários para montagem e desmontagem.

Por fim, é feita a criação do cronograma do evento de acordo com a disponibilidade de você, artista, e também do local do evento.

Qual a diferença entre ela e o aluguel de som?

Ao contrário do que acontece com o aluguel de som, você poderá ficar focado apenas em sua performance no palco. É muito comum, em eventos em que não contam com uma pessoa ou uma equipe, que você acabe gastando boa parte de seu tempo na organização do evento e em ações técnicas, como montagem e desmontagem de equipamentos, por exemplo. Isso pode, inclusive, acabar comprometendo a sua performance no palco, já que são tantas questões diferentes para resolver que a apresentação torna-se apenas mais uma delas.

Além do mais, isso também otimizará o tempo do produtor do evento, que poderá se preocupar mais com a venda de ingressos e com a sua rede de relacionamentos.

O responsável pelo Marketing, por sua vez, ganhará mais tempo para se concentrar ainda mais no seu trabalho, que é desenvolver estratégias de divulgação para atrair o público.

Assim, além de poder estar completamente focado em sua apresentação, todo o suporte também estará operando em alto nível para que o show aconteça sem problemas, aumentando a qualidade do seu trabalho.

Em resumo, a Gestão Técnica permite um contato gerencial com todas as áreas responsáveis pelo evento e minimiza as margens de riscos e problemas durante o evento.

Quais problemas podem acontecer pela falta de Gestão Técnica?

É bem provável que todos que trabalham no mundo de eventos já tenham passado por algum dos problemas que serão listados. Vale lembrar que uma Gestão Técnica eficiente minimiza o risco de eles acontecerem:

#1. Falta de comunicação: não são poucas as vezes em que a falha na comunicação gera grandes problemas na hora do evento. Seja por um entendimento errado das suas solicitações, na disponibilidade do contratante ou até por desconhecimento de dados técnicos referentes ao evento que será realizado;

#2. Descaso: “É o que tem pra hoje…” é uma frase clássica quando não há planejamento! São muito frequentes as vezes em que o técnico de som não se preocupa com a assistência direta a você e não ajuda a tirar o melhor som possível. A responsabilidade pelo êxito de um show é de todos os envolvidos e, por isso, é necessária uma atenção completa.

#3. Pouco aproveitamento de todo o seu potencial: de nada adianta você estar no auge de sua técnica e ter a capacidade de comover o público se a estrutura não for adequada, acompanhada da equipe técnica responsável pela operação e coordenação. É provável que você fique bastante desconfortável e com o foco dividido entre o show e a técnica.

A análise da Gestão Técnica é crucial antes de realizar qualquer evento para ter certeza de que isso não irá acontecer. Uma boa Gestão Técnica garante o sucesso do evento, afetando a qualidade de cada elemento que compõe o evento, já que garante não só maior qualidade de sua apresentação artística, mas também dá condições para melhorar o trabalho das demais equipes e por fim, minimiza erros e danos que comprometem a qualidade de seu show.

Sendo assim, sempre que possível contrate, ou indique que o promotor do evento prefira uma gestão técnica ao invés de um simples aluguel de som.

E você? Já teve algum desses problemas em suas apresentações trabalhando com o aluguel de som? Compartilhe conosco sua experiência nos comentários!

0 1155

Leave a Reply